Encontro celebra em Salvador os 20 anos da Cultura Viva

Publicado em: 04-07-2024

A cidade de Salvador vai sediar de 3 a 6 de julho o encontro que celebrará nacionalmente, com uma programação de debates e atividades de formação, os 20 anos de criação da política cultural de base comunitária mais importante do país: a Política Nacional de Cultura Viva (PNCV). Criada em 2004 pelo então ministro da Cultura Gilberto Gil e institucionalizada dez anos depois por meio da Lei Federal 13.018/2014, a PNCV é um instrumento fundamental de defesa e promoção da diversidade cultural no Brasil, fomentando ações de entidades, coletivos e agentes culturais de diferentes territórios.

Com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, o Encontro Cultura Viva 20 Anos acontecerá na Casa Rosa, no bairro do Rio Vermelho, e reunirá participantes de todo o país, desde gestores culturais nas esferas federal, estadual e municipal a entidades representativas de diversas comunidades, instituições culturais sem fins lucrativos, pesquisadores e agentes culturais que, historicamente, fazem a cultura acontecer em suas diferentes vertentes e expressões. Na programação, serão realizadas atividades de formação, rodas de conversa, mesas de debate e apresentações artísticas, envolvendo inclusive importantes mestres da cultura popular.

“A Cultura Viva faz 20 anos, uma política que crava na ação do estado a inclusão da diversidade cultural, a partir de sua potência e impulsiona a cidadania cultural, sendo um exemplo que inspira outros países. Atualmente se posiciona como a política de base comunitária do Sistema Nacional de Cultura, e traz no seu DNA a participação da sociedade e a corresponsabilidade dos entes federativos”, afirma a secretária de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC), Márcia Rollemberg.

O evento é resultado de uma parceria estratégica entre o Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural, e o Consórcio Universitário Cultura Viva, formado pelas universidades federais da Bahia (UFBA) do Paraná (UFPR) e Fluminense (UFF), que vão atuar na geração de dados e informações para o aprimoramento institucional da Política Nacional de Cultura Viva. A iniciativa envolverá atividades de formação e pesquisa, integrando estudantes de graduação e de pós-graduação, técnico-administrativos, professores e pesquisadores das três universidades.  

O coordenador do Consórcio Universitário Cultura Viva pela UFBA, Guilherme Varella, explica que “para o fortalecimento de políticas públicas é fundamental gerar informações que possam embasar análises e guiar planejamentos, a partir da elaboração qualificada de estudos e pesquisas". Daí a importância do Consórcio, uma vez que compete às universidades envolvidas - UFBA, UFF e UFPR - implementar processos formativos na perspectiva de contribuir para uma atuação ainda mais potente do conjunto de atores envolvidos na política. “O trabalho do Consórcio nesse âmbito deverá ser guiado pelo reconhecimento do acúmulo de saberes articulados em torno da PNCV, o que significa valorizar o diálogo amplo e horizontal com a sociedade civil organizada, especialmente com os Pontões e Pontos de Cultura”, completa.

Programação - No dia 3 de julho, a programação será iniciada com uma atividade de formação dirigida aos Pontões de Cultura de todo o Brasil selecionados por Edital e aos gestores públicos de cultura. Nos dias 4 e 5, a participação amplia a abrangência com a realização de mesas e rodas de compartilhamento de saberes. Já no dia 6, que marca os 20 anos do Cultura Viva, acontecerá um ato celebrativo com uma apresentação artística especial. O evento será presencial, mas haverá transmissão online, em tempo integral.
 

Final semestre

A UFBA aprovou as novas datas do calendário acadêmico de 2024.1 e 2024.2. Os períodos ficaram assim:

2024.1

Em 27 de junho houve a retomada das atividades de 2024.1. O encerramento do primeiro semestre será em 06 de setembro. 

2024.2

Em 30 de setembro, tem início o semestre de 2024.2. O recesso de final de ano acontece entre 23 de dezembro de 2024 e 04 de janeiro de 2025. 

As atividades de 2024.2 voltam em 06 de janeiro, com término em 14 de fevereiro de 2025.

 

Início semestre

Recesso de final de ano

2024.1

Em 27 de junho houve a retomada das atividades de 2024.1. O encerramento do primeiro semestre será em 06 de setembro. 

 

Final semestre

A UFBA aprovou as novas datas do calendário acadêmico de 2024.1 e 2024.2. Os períodos ficaram assim:

2024.2

Em 30 de setembro, tem início o semestre de 2024.2. O recesso de final de ano acontece entre 23 de dezembro de 2024 e 04 de janeiro de 2025. 

As atividades de 2024.2 voltam em 06 de janeiro, com término em 14 de fevereiro de 2025.